Home Bem Estar A função do cortisol

A função do cortisol

0

O Papel do Cortisol no Musculação

Um dos compostos mais incompreendidos no mundo do bodybuilding é o cortisol. Esta hormonio pode ter um positivo ou um efeito negativo, que é porque é importante compreender quando os níveis elevados são necessários e quando não são.

A função do cortisol
Função do Cortisol

Cortisol é naturalmente liberado no corpo em resposta ao estresse. Ele contém propriedades anti-inflamatórias, e também diminui a síntese de proteínas no organismo. A razão para a diminuição na síntese de proteínas é que é fornece uma fonte alternativa de combustível sempre que há um suprimento inadequado de glicose. Além de aliviar o estresse, o cortisol também regula uma série de funções, incluindo a função cardiovascular ea pressão arterial.

Como funciona o cortisol

Após a sua libertação, o cortisol começa a quebrar a proteína muscular, resultando em um número de aminoácidos sendo liberado na corrente sanguínea. Estes aminoácidos são então utilizados pelo fígado, sintetizando glicose para a energia e elevando os níveis de açúcar no sangue. Cortisol também faz com que os ácidos graxos a ser liberado de células de gordura, ao mesmo tempo, dando ao cérebro mais glicose para usar como combustível. Como tal, o hormônio prepara as pessoas mentalmente e fisicamente para lidar com situações estressantes.

Estudos sobre o cortisol

Pesquisadores da Universidade McMaster do Canadá realizaram um estudo sobre um grande grupo de instrutores de resistência. Esses pesquisadores descobriram que um aumento na massa corporal magra, força e hipertrofia muscular foram mais estreitamente associados com altos níveis de cortisol. Outros hormônios, como a testosterona, ou IGF-1 (Insulin-Like Growth Factor 1), foram considerados menos importantes quando se tratou de construir músculo.

Níveis de cortisol podem pico tanto quanto 50% após um treino. Esta é uma causa para a preocupação entre muitos bodybuilders devido a sua abilidade de diminuir a síntese da proteína. No entanto, certos níveis de cortisol são necessários para queimar gordura de forma eficaz. Como tal, níveis elevados durante um treino são preferidos, a fim de queimar mais gordura e calorias. Níveis de cortisol em outros momentos devem ser cuidadosamente regulamentados, se as pessoas estão a impedir que este hormônio de realmente trabalhar contra eles.

Regulando Níveis de Cortisol

Em geral, os melhores resultados parecem vir sempre que os níveis de cortisol permanecem elevados durante um treino, mas são controlados em outros momentos. Para melhor regular os níveis, os indivíduos devem evitar situações estressantes e eliminar medicamentos que estimulam naturalmente a produção de cortisol. Comer várias refeições menores cada dia irá fornecer ao corpo com energia constante, tornando mais fácil lidar com o estresse repentino sempre que ocorre.

Mantendo Níveis de Proteína

Níveis de cortisol no corpo naturalmente subir sempre que o corpo é deficiente em proteínas. É por isso que os atletas que trabalham por longos períodos de tempo são aconselhados a beber batidos de proteína durante o exercício. Isso ajudará a evitar que certas moléculas no corpo sejam quebradas e usadas para energia, um processo que é conhecido como catabolismo. Também é importante comer muita proteína magra, como peixe e frango durante as refeições, a fim de manter os níveis de cortisol razoavelmente uniforme.

Sem cortisol, as pessoas seriam incapazes de lidar com o estresse da vida cotidiana. Isso não significa que mais é melhor, como as pessoas que cuidadosamente regular seus níveis tendem a ter maior energia, sono melhorado, e perceber melhores resultados de suas rotinas de treino.

Load More Related Articles
Load More By dmendes40
Load More In Bem Estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Como calcular seu ritmo de corrida

Como calcular seu ritmo de corrida Se você planeja sempre competir em um 5k, meia-maratona…