Home Dieta e Perda de Peso Hormônios responsáveis para emagrecer

Hormônios responsáveis para emagrecer

0

Hormônios para maximizar a queima de gordura

Embora você possa pensar que há apenas um ou dois hormônios que controlam a queima de gordura, que apenas não é verdade. Existem cerca de sete hormônios que podem ter um efeito direto sobre os muitos caminhos que estão envolvidos no controle de queima de gordura! Muitos destes hormônios podem ser influenciados pelo alimento que você come, eo exercício que você faz. Se você não está no controle desses hormônios importantes, o único resultado que você obterá é ganho de gordura substancial! Leia abaixo para descobrir o que esses hormônios são e como você pode tirar proveito deles para maximizar a sua queima de gordura e obter o corpo magro que você está depois!

Hormônios responsáveis para emagrecer

# 1 – Insulina

Secretado pelo pâncreas e liberada sempre que comemos alimentos que contém glicose, basicamente qualquer carboidrato. Quando se trata de construir músculo, a insulina é um hormônio anabólico, construtor de músculo que é fundamental  no pós-treino. Este hormônio “anabólico” de construção muscular pode desencadear a entrega de nutrientes aos músculos. Mas, uma vez que os músculos estão cheios, glicose é então transportado diretamente para a gordura para ser armazenado! Além do mais, esse processo interrompe a queima de gordura. Para ajudar a controlar a insulina para a construção muscular e para evitar o armazenamento de gordura, não se esqueça de comer seus carboidratos com uma fonte de proteína, o que pode reduzir a sua resposta à insulina e mantê-lo magro e muscular.

# 2 – Glucagon

O pâncreas também secreta este hormônio peptídico em um esforço para aumentar os níveis de glicose no sangue. Ele age diretamente oposta à insulina, e enquanto insulina armazena carboidratos e gordura, glucagon quebra a gordura corporal armazenada e combustíveis queima de gordura. Comer muitos carboidratos fará com que esse hormônio pare de converter a gordura armazenada em energia. Se você quiser maximizar a liberação de glucagon, é tão fácil quanto seguir uma dieta rica em proteínas e baixa em carboidratos.

# 3 – Adiponectina

Este é outro hormônio importante que é produzido pela nossa gordura corporal. Ele pode aumentar a capacidade do seu músculo de usar carboidratos para obter energia, aumentar sua taxa metabólica e aumentar a taxa pela qual seu corpo quebra a gordura. Ele também tem um efeito de supressão do apetite! Se seu músculo magro é baixo, sua adiponectina também será baixa. Para maximizar a adiponectina, basta levantar mais pesos. Mudar sua composição corporal para mais massa muscular, e menos gordura corporal, e você pode começar a regular este hormônio de queima de gordura!

# 4 – Leptina

Este hormônio é feito por nossas células de gordura e sinais para o cérebro quando estamos cheios. Quanto mais gordura tiver, mais leptina será lançada, o que parece ótimo, mas o problema é que muita gordura corporal leva a muita leptina! Isso pode fazer com que o cérebro se torne insensível ao sinal da leptina. O resultado – você não pode parar de comer e seu metabolismo chega até uma parada. O remédio mais simples para aumentar a leptina é aumentar o seu metabolismo, começar a seguir um plano de dieta regular, e não se esqueça de fazer a refeição de lixo apenas ser ocasional.

# 5 – Grelina

Feito e liberado no estômago, grelina pode ser considerado o hormônio oposto à leptina. Quando o estômago está vazio, ele sinaliza para o cérebro que você está com fome. Se você quiser perder peso você quer menos grelina, para que você não fique com fome. Se você quiser ganhar peso muscular, então você quer mais grelina. O desafio é, quando você está em uma dieta, este hormônio da fome não vai embora, e mesmo depois de uma dieta por meses, este hormônio pode permanecer elevado! Seu corpo na verdade nunca se adapta a comer menos e constantemente envia o sinal “Estou com fome”, o que pode fazer a manutenção da perda de peso muito difícil! Se você quiser controlar este hormônio, vá treinar pesado! Uma sessão de exercício intenso pode diminuir os níveis de grelina.

# 6 – Cortisol

Este hormônio catabólico que desperdiça os músculos é produzido pelas glândulas adrenais sempre que encontramos estresse. Se é de vida ou quantidades maciças de treinamento, níveis crônicos elevados de resultado de cortisol em níveis mais elevados do que a normal de insulina, perda muscular e ganho de gordura corporal feio! Cortisol também pode esgotar o nível de neurotransmissor serotonina, que pode ter um impacto directo sobre o sono, recuperação e seu apetite! Se você quiser controlar este hormônio, certifique-se de obter as suas oito horas de sono todas as noites e não suar as pequenas coisas.

# 7 – Norepinefrina

O hormônio mais importante quando se trata de queima de gordura é norepinefrina. É o principal regulador do metabolismo de gordura que, quando liberado do cérebro, liga diretamente os receptores alfa e beta nas células de gordura, aumentando a mobilização de gordura e permitindo que a decomposição de gordura ocorra a uma taxa amplificada. Uma das maneiras mais eficazes para induzir a liberação de norepinefrina é obter a adrenalina sempre ativa. Você também pode aumentar a liberação de norepinefrina via suplementos, como chá verde e cafeína, que foram mostrados na pesquisa serem uma combinação eficaz.

Referências:
Bogdonoff MD, et ai. A Estrutura Específica de Compostos Efetuando Mobilização de Gordura no Homem. JCI. 1961.
Dulloo AG, et ai. Eficácia do extrato de chá verde rico em polifenóis de catequina e cafeína no aumento do gasto de energia de 24 horas e oxidação de gordura em seres humanos. Am J Clin Nutr. 1999. 70 (6): 1040-45.
Caminho de Transdução de Sinal de Insulina e Regulação da Glucose no Sangue. Http://en.wikipedia.org/wiki/Insulin_signal_transduction_pathway_and_regulation_of_blood_glucose
Jiang Q, Zhang BB. Glucagon e regulação do metabolismo da glicose. AJP Endo. 2003. 284 (4): E671-E678.
Klok MD, Jakobsdottir S, Drent ML. O papel da leptina e da grelina na regulação da ingestão alimentar e do peso corporal em humanos: uma revisão. Obes Rev. 2007. 8 (1): 21-34.

Load More Related Articles
Load More By dmendes40
  • Quando fazer jejum intermitente

    Quando fazer jejum intermitente

    Por que o jejum intermitente se tornou tão popular? Apesar do fato de que as pessoas são d…
  • Como Manter a perda do peso

    Como Manter a perda do peso

    Manter a perda do peso: Não há nenhum motivo para não se manter Manter a perda de peso é t…
  • Riscos dos adoçantes artificiais

    Riscos dos adoçantes artificiais

    Os riscos em lanches com adoçantes artificiais Embora o aspartame e outros adoçantes artif…
Load More In Dieta e Perda de Peso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Como calcular seu ritmo de corrida

Como calcular seu ritmo de corrida Se você planeja sempre competir em um 5k, meia-maratona…