Home Bem Estar Melhorar a aptidão mental

Melhorar a aptidão mental

0

 

Existem dois componentes muito importantes para a criação de seu bem-estar. Há aptidão física, e há aptidão mental. Se você muitas vezes se sentir estressado, distraído, ou mentalmente exausto, e você diga a si mesmo: “Eu preciso começar a exercitar minha mente direito”, existem algumas dicas que você pode tentar ajudá-lo a melhorar o seu estado mental global e fazer exatamente isso.

Melhorar a aptidão mental
# 1 – Conecte-se com amigos e familiares

Dois especialistas no campo da pesquisa da felicidade, Martin Seligman e Ed Diener, estudaram as diferenças entre as pessoas mais felizes e as pessoas mais infelizes. O primeiro grupo era altamente social e passava a maior parte do tempo com seus amigos, famílias e parceiros, enquanto o último grupo era isolado socialmente por escolha ou circunstância. Como tal, conectar-se com amigos e familiares é uma ótima maneira de obter sua mente correta.

# 2 – Organizar

Acredite ou não, desordem pode ter um tremendo impacto sobre a forma como você se sente. Karen Kingston, autor de Clear Your Clutter com Feng Shui, diz que preencher seu espaço com desordem não deixa espaço para nada de novo em sua vida. Isso faz com que você pense sobre o passado, e os problemas do passado permanecem problemas no presente. Organizar, em certo sentido, está assumindo a responsabilidade de fazer o amanhã melhor.

# 3 – Obter alguma vitamina B-12

Alex Korb, um pesquisador de pós-doutorado em neurociência da UCLA, recentemente forneceu algumas informações valiosas sobre a forma como alimentos e nutrientes podem afetar o seu bem-estar mental. Por exemplo, ele observa que as pessoas que são deficientes em vitamina B12 muitas vezes se sentem deprimidas, uma vez que o cérebro não pode fazer dopamina e serotonina – dois neurotransmissores “sentir-se bem” – sem ele. Amemdôas são absolutamente embalado com vitamina B12, e eles bom gosto em uma variedade de maneiras. Você também pode obter B12 de salmão, produtos lácteos, cereais fortificados e trutas.

# 4 – Exercício

Você provavelmente já ouviu falar que o exercício pode torná-lo feliz, e ciência provou isso para ser verdade. Seu cérebro reconhece o exercício como um momento de estresse e desencadeia a liberação de uma proteína chamada BDNF ou Brain-Derived Neurotrophic Factor. Ele atua como um interruptor de redefinição em seu cérebro e repara mesmo neurônios associados com a memória, o que melhora o seu bem-estar mental. Exercício também libera endorfinas, o que pode contribuir para sentimentos de euforia, bloquear a dor, e tornar o ato de exercício mais agradável.

# 5 – Meditar

A meditação é outra maneira fantástica de ter sua mente correta. Se você nunca fez isso antes, é simples de começar. Uma das melhores técnicas é conhecida como relaxamento total. Sente-se confortavelmente em qualquer local que você escolher e pense sobre o que cada um de seus cinco sentidos (visão, audição, tato, paladar e aroma) está experimentando. Isso irá ajudá-lo a viver no “aqui e agora”. Estudos do Departamento de Psicologia da Universidade de Oregon mostraram que as pessoas que meditam e praticam a atenção plena regularmente têm mais matéria cinzenta em seus córtex frontal direito e hipocampo. Estas áreas do cérebro são responsáveis pela regulação do humor e emoção.

# 6 – Experimente Novas Coisas Regularmente

Na Universidade Estadual de Winston-Salem, Carolina do Norte, o psicólogo Rich Walker pediu a mais de 500 participantes do estudo que mantivessem diários para qualquer lugar de três meses a quatro anos. Depois de analisar cerca de 30.000 entradas, ele descobriu que as pessoas que regularmente envolvidos em uma variedade de experiências eram mais propensos a ter uma perspectiva positiva do que aqueles que tinham menos experiências. Por quê? Walker acredita que estar “preso em uma rotina” tem um impacto negativo sobre as emoções positivas. Tentar coisas novas pode, sem dúvida, ajudá-lo a ter sua mente correta.

# 7 – Dar à caridade

Finalmente, outro estudo da Universidade de Oregon colocou os participantes em um scanner de ressonância magnética. Bill Harbaugh, um economista, disse a alguns dos participantes que eles iriam ficar com todos os seus ganhos de dinheiro. Ele disse aos outros que eles estariam doando parte de seu dinheiro para caridade. Aqueles no último grupo mostraram atividade aumentada nas áreas de seus cérebros associadas com prazer. Isso mostra que regularmente dando para caridade – mesmo em quantidades muito pequenas – pode ser incrivelmente gratificante.

Se você se achou pensando: “Preciso ter a minha mente correta”, então você certamente não está sozinho. Felizmente, estas são maneiras muito simples em que você pode melhorar a sua saúde mental, humor, visão de vida e todo o seu bem-estar em geral.

Load More Related Articles
Load More By dmendes40
Load More In Bem Estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Como calcular seu ritmo de corrida

Como calcular seu ritmo de corrida Se você planeja sempre competir em um 5k, meia-maratona…